ATUALIZAÇÕES

Mural de Novidades do Site

22/8/2020: ATUALIZAÇÕES

1. Novos Artigos disponíveis:

(17/6/2020): A Quimbanda & o Caminho da Mão Esquerda trata-se de uma introdução a uma série de ensaios que recebem o nome de A Tradição das Sombras. Nestes ensaios a intenção é explorar o caminho da mão esquerda em tradições diversas desde a Antiguidade, criando pontes que explicam e contextualizam as técnicas de feitiçaria da Quimbanda como uma genuína arte brasileira de mão esquerda. A Quimbanda foi formada a partir de uma confluência de correntes filosóficas, religiosas e mágicas, agregando em seu leque de práticas influências diversas herdadas de suas correntes formadoras. Original em sua formação, a Quimbanda emancipou-se como uma genuína e fidedigna arte de feitiçaria tradicional brasileira conectada a Tradição Ocidental de Mistérios e de caráter de mão esquerda.

(24/6/2020): O Progresso da Ignorância trata-se de uma apologia luciférica ao refinamento filosófico na tradição de Quimbanda. A grande maioria dos autores de Quimbanda são umbandistas que constroem doutrinas fantasiosas sobre a atuação dos Exus; o ensaio esclarece essas fantasias como o progresso da ignorância dentro da Quimbanda, se esforçando em apontar a luz no fim do túnel que tirará a Quimbanda do obscurantismo maniqueísta moral e intelectual.

(26/6/2020): A Alquimia Negra do Culto de Exu é o terceiro artigo da série A Tradição das Sombras. Em três seções o ensaio discorre sobre a apoteose da alma na tradição de Quimbanda através de um processo de Alquimia Negra. Para explicar essa Alquimia Negra do Culto de Exu é construída uma ponte entre a tradição de Quimbanda, a feitiçaria dos Papiros Mágicos Gregos e a teurgia clássica neoplatônica. O texto também apresenta as ideias adversárias do caminho da mão esquerda no pensamento de Jâmblico.

(1/8/2020): Teurgia & Goécia Partes #1 e #2 são dois escritos do Curso de Filosofia Oculta que tecem argumentos acerca do ponto de vista clássico e tradicional da diferença concernente ao exercício da teurgia e da goécia (grega antiga e greco-salomônica medieval). 

(22/8/2020): Os Sete Reinos de Quimbanda (Parte . I .) é o artigo na íntegra sobre a visão tradicional das zonas de poder ou pontos de força/atuação dos Exus e Pombagiras na cosmovisão de Quimbanda. Trata-se de um capítulo do livro ainda em preparo Os Segredos Espirituais da Quimbanda que abre uma discussão mais profunda sobre a Alquimia Negra do Culto de Exu, associando os Sete Reinos às forças planetárias e o trabalho alquímico interior que essas zonas de poder precipitam na alma. 

2. Novos vlogs disponíveis em outra aba, oriundos do You Tube.

3. Novas reflexões disponíveis em outra aba.

25/6/2020: NOVOS ARTIGOS DISPONÍVEIS

As Sete Linhas Fantasiosas de Quimbanda é um texto que aborda a fantasia das famigeradas Sete Linhas de Quimbanda do imaginário popular umbandista das décadas de 1940, 1950, 1960 e que ainda são tidas como verdades por muitos praticantes de Quimbanda. O ensaio demonstra que aceitar na Quimbanda essa fantasia umbandista a torna subserviente a Lei de Umbanda devido a cosmovisão na qual essa ideia de linhas é baseada, o que se trata de um non sense absurdo dentro do Culto de Exu no Brasil, por conta de sua cosmovisão adversária a estrutura demiúrgica na qual a Umbanda se fundamenta. O Texto A Quimbanda & o Caminho da Mão Esquerda abre uma série nova de ensaios nomeada de A Tradição das Sombras. Essa série de artigos tem o propósito de i. esclarecer a Quimbanda como uma genuína tradição brasileira de mão esquerda; ii. esclarecer o que é a mão esquerda demonstrando seu escopo universal desde as tradições antigas pré-cristãs até os movimentos modernos como a filosofia de thelema, o luciferianismo e o satanismo. O caminho da mão esquerda se trata de um fenômeno universal, encontrado em culturas e sistemas de iniciação diversos em todo o globo. Este primeiro texto introduz aspectos gerais do caminho da mão esquerda e do caminho da mão direita, posicionando a Quimbanda no caminho da mão esquerda. O Progresso da Ignorância na Quimbanda retoma a questão das ideias fantasiosas que os primeiros autores (eruditos) da Umbanda construíram sobre a Quimbanda. O texto aborda a visão maniqueísta construída sobre a Quimbanda e esclarece sua origem nas concepções religiosas do zoroastrismo, demonstrando tanto que os posicionamentos religiosos do zoroastrismo são de mão esquerda e que a Quimbanda, fundamentalmente no troco luciferiano, transcende o dualismo moral maniqueísta que os autores umbandistas atribuíram ao Culto de Exu no Brasil. Estes textos estão disponíveis para download na aba de Artigos. Um novo texto sobre os Sete Reinos de Quimbanda está sendo publicado em partes na aba de Reflexões. Em breve disponível em PDF para download também.

14/6/2020: NOVOS ARTIGOS DISPONÍVEIS

As Origens da Tradição Salomônica é um texto que introduz o tema destacando dois pontos essenciais e fundamentais: i. a tradição salomônica não foi inaugurada pelo Rei Salomão, muito menos tem raízes em uma suposta prática judaica de magia; a técnica de magia apresentada pela tradição salomônica é grega, difundida nos primeiros séculos de nossa era; ii. um dos arcanos perdidos da tradição salomônica, pelo menos desconhecido a maioria dos adeptos brasileiros desta arte, é o conhecimento e conversação com o diabo pessoal; os demônios conjurados e imprecados pelo mago salomônico têm a função de servi-lo como familiares e servidores. Isso foi muito bem compreendido e colocado em prática pelas feiticeiras da magia popular europeia, que se baseavam mais na tradição oral do que no conteúdo disseminado pelos grimórios. A Feitiçaria Cipriânica introduz a história construída ao redor da figura mítica de São Cipriano ou Cipriano Feiticeiro ilustra romanticamente a busca fundamental e o arcano central da magia: o Conhecimento & a Conversação com o Espírito Tutelar. O texto A Feitiçaria Cipriânica abre o estudo ainda em construção, O Espírito de São Cipriano. Cipriano o Mago é o texto que abre o livro O Espírito de São Cipriano, ainda em preparo. Baseado na experiência pessoal e na história da tradição cipriânica da magia, o escrito apresenta Cipriano o Mago como o arquétipo do Espírito Tutelar ou diabo pessoal. Os artigos estão disponíveis na aba Artigos.

19/5/2020: NOVOS ARTIGOS DISPONÍVEIS

Dois novos artigos foram adicionados para download na aba de ArtigosAs Origens da Tradição Salomônica (entrada de 3/5/2020) e Congressus cum Daemone: as Origens do Ritual Não-Nascido & seu uso indevido na Quimbanda (entrada de 19/5/2020). Uma nova aba foi inserida: Diário de um Feiticeiro #2, relatando novos procedimentos magísticos do Templo Cova de Cipriano Feiticeiro. Outro texto disponível (mas ainda em construção) é a Herança da Feitiçaria Ibérica na Quimbanda, esmiuçando com mais profundidade a influência cipriânica na  feitiçaria tradicional brasileira.

10/4/2020: TEURGIA, GOÉCIA & QUIMBANDA

Dois novos artigos foram adicionados para download: Teurgia, Goécia & Quimbanda e A Faca & o Corte: Teurgia na Quimbanda. Ambos os textos constroem uma ponte entre a feitiçaria, teurgia e cultos de mistérios da Antiguidade e a tradição de Quimbanda, demonstrando como os procedimentos magísticos dos magos e feiticeiros do passado estão em sincronia com a arte da feitiçaria tradicional brasileira.

8/4/2020: OS PODEROSOS MORTOS EM RUSSO

O artigo Os Poderosos Mortos: Exus & Pombagiras nas Tradições Mágico-Culturais do Mundo está disponível em portuguêsinglês e russo. O texto é um capítulo do livro Segredos Espirituais da Quimbanda que está sendo escrito pelo feiticeiro-kimbanda Fernando de Ligório. No início se esclarece que Exus e Pombagiras não são demônios da hierarquia infernal medieval e nem podem, efetivamente, serem comparados aos daimones da cultura grega. Exus e Pombagiras são Poderosos Mortos, almas deificadas de sabedoria ancestral, magos, xamãs, bruxos, feiticeiros e alquimistas poderosos que atuam auxiliando seus adeptos, os protegendo, amparando, instruindo na superação de obstáculos internos (na alma) e externos (do mundo). O que Exus e Pombagiras são para o feiticeiro-kimbanda os Chefes Secretos são para os thelemitas, os Adeptos dos Planos Internos são para os magistas da Ordem Hermética da Aurora Dourada ou o que os Mestres do Oriente da Grande Fraternidade Branca são para os teósofos. Exus e Pombagiras são mestres que inspiram a jornada dos feiticeiros-kimbanda, cujo objetivo é deificar a alma e transformar-se em um Exu ou Pombagira no momento da passagem, participando das falanges dos Reinos de Quimbanda. Assim foram os heróis e semideuses gregos, os bodhisattvas do budismo, os santos do cristianismo-católico, os Tzaddikins do misticismo judeu, os Guardiões de Avalon da mitologia britânica arturiana, os Einherjar dos nórdicos ou os Ngangas  da cultura kimbundo-bantu africana. Após este esclarecimento, o autor apresenta as duas ferramentas fundamentais para deificação da alma na Quimbanda Brasileira: i. O conhecimento e conversação com os Poderosos Mortos que refina as qualidades e poderes da alma, expandindo a consciência dos adeptos. ii. O sacrifício cerimonial (corte), que purifica e sutiliza a alma dos adeptos. A ciência do corte é apresentada como a ferramenta-kimbanda essencial do culto, que tanto trabalha na deificação da alma dos feiticeiros-kimbanda quanto alimenta o veículo pneumático dos Exus para atuarem efetivamente no Reino da Geração. Este capítulo do livro Segredos Espirituais da Quimbanda é uma introdução ao capítulo que segue, onde o autor se debruça sobre a ciência do corte e sua ação magística e mística na alma. O livro Segredos Espirituais da Quimbanda apresenta os aspectos ocultos e iniciáticos da feitiçaria tradicional brasileira.

The article The Mighty Dead: Exus & Pombagiras in the Magical-Cultural Traditions of the World is available in Portuguese, English and Russian. The text is a chapter of the book Spiritual Secrets of Quimbanda that is being written by the kimbanda-sorcerer Fernando de Ligório. At the beginning it is clarified that Exus and Pombagiras are not demons of the medieval infernal hierarchy and cannot, effectively, be compared to the daimones of Greek culture. Exus and Pombagiras are Mighty Dead, deified souls of ancient wisdom, magicians, shamans, sorcerers, witches and powerful alchemists who work to assist their followers, protecting, supporting, instructing in overcoming internal (in the soul) and external (in the world) obstacles . What Exus and Pombagiras are for the kimbanda-sorcerer, the Secret Chiefs are for the Thelemites, the Adepts of the Inner Planes are for the magicians of the Hermetic Order of the Golden Dawn, or what the Masters of the East of the Great White Brotherhood are for the theosophists. Exus and Pombagiras are masters who inspire the journey of the kimbanda-sorcerers, whose aim is to deify the soul and transform into an Exu or Pombagira at the moment of passing, participating in the Phalanges of the Kingdoms of Quimbanda. So were the Greek heroes and demigods, the bodhisattvas of Buddhism, the saints of Catholic Christianity, the Tzaddikins of Jewish mysticism, the Guardians of Avalon of British Arthurian mythology, the Einherjar of the Norse, or the Ngangas of African kimbundo-bantu culture. After this clarification, the author presents the two fundamental tools for soul deification in the Brazilian Quimbanda: i. The knowledge and conversation with the Mighty Dead that refines the qualities and powers of the soul, expanding the consciousness of the adepts. ii. The ceremonial sacrifice (cut), which purifies and subtle the souls of the followers. The science of cutting is presented as the essential Quimbanda tool of the cult, which both works to deify the soul of the kimbanda-sorcerers and feeds the pneumatic vehicle of the Exus to act effectively in the Kingdom of Generation. This chapter of the book Spiritual Secrets of Quimbanda is an introduction to the chapter that follows, where the author focuses on the science of cutting and its magical and mystical action on the soul. The book Spiritual Secrets of Quimbanda presents the hidden and initiatory aspects of Traditional Brazilian Witchcraft.

учие мертвецы: Exus & Pombagiras в магико-культурных традициях мира» доступна на португальском, английском и русском языках. Текст является главой книги «Духовные тайны Кимбанды», написанной колдунем-кимбандой Фернандо де Лигорио. Вначале выясняется, что Эксус и Помбагирас не являются демонами средневековой адской иерархии и не могут сравниться с деймонами греческой культуры. Exus и Pombagiras - Могущественные Мертвые, обожествленные души древней мудрости, маги, шаманы, колдуны, ведьмы и могущественные алхимики, которые работают, чтобы помочь своим последователям, защищая, поддерживая, инструктируя в преодолении внутреннего (в душе) и внешнего (в мире) препятствия Что такое Эксус и Помбагирас для кимбанда-колдуна, Тайные Вожди для Телемитов, Адепты Внутренних Планов - для магов Герметического Ордена Золотой Зари, или что такое Мастера Востока Великого Белого Братства для теософов. Exus и Pombagiras - мастера, которые вдохновляют путешествие кимбанда-колдунов, цель которых - обожествить душу и превратиться в Exu или Pombagira в момент прохождения, участвуя в Фалангах Королевств Кимбанды. Так же были греческие герои и полубоги, бодхисаттвы буддизма, святые католического христианства, цадикинцы еврейского мистицизма, стражи авалона британской артурской мифологии, эйнхерджарские скандинавы или нганги африканской культуры кимбундо-банту. После этого разъяснения автор представляет два основных инструмента для обожествления души в бразильской Quimbanda: i. Знание и беседа с Могущественными Мертвыми, которые улучшают качества и силы души, расширяют сознание адептов. II. Церемониальная жертва (разрезанная), которая очищает и утончает души последователей. Наука резки представлена ​​в качестве основного инструмента культа Кимбанды, который одновременно обожествляет душу колдунов-кимбанда и питает пневматический проводник Эксуса, чтобы эффективно действовать в Царстве Поколения. Эта глава книги «Духовные секреты Кимбанды» представляет собой введение в последующую главу, где автор фокусируется на науке резки и ее магическом и мистическом воздействии на душу. В книге «Духовные секреты Кимбанды» представлены скрытые и посвящающие аспекты традиционного бразильского колдовства.

 Ensaio em português disponível para download aqui.

 English essay available for download here.

 Английское эссе доступно для скачивания здесь.

4/4/2020: NOVOS ARTIGOS PARA DOWNLOAD

Em detrimento do novo texto que estou escrevendo, que cruzará livremente a feitiçaria tradicional brasileira (Quimbanda) com a feitiçaria tradicional européia (goécia salomônica erudita e popular), alguns novos textos foram disponibilizados para download: Em Defesa de São Cipriano. Este opúsculo de meditação foi escrito para esclarecer o mito de São Cipriano àqueles que não conseguem tirar proveito iniciático de sua profundidade e amplitude mágica. Em A Influência Cipriânica na Quimbanda Brasileira (Partes #1 e #2) é feita uma introdução sobre ideias magísticas fundamentalmente cipriânicas presentes na feitiçaria tradicional brasileira. Em O Exu Pessoal & o Sagrado Anjo Guardião é feita uma comparação entre essas duas entidades como guias e assistentes espirituais. Continuando a análise comparativa entre o Exu Pessoal e o daimon assistente da feitiçaria nos Papiros Mágicos Gregos da Antiguidade, o texto O Paredros & o Exu Pessoal cria uma ponte entre a Quimbanda e a goécia dos papiros gregos.

   O tema central do grimório de Abramelin é a experiência mística do Conhecimento & a Conversação com o Sagrado Anjo Guardião. Todo o conteúdo do grimório é orientado a invocação bem-sucedida do Sagrado Anjo Guardião. No entanto, a finalidade mágica de feitiçaria goécia oculta no grimório é a obtenção de espíritos infernais servidores. O mecanismo para tal é a autoridade espiritual do Sagrado Anjo Guardião. Embora a linguagem e cosmovisão do grimório sejam de inclinação neoplatônica-cristã, a ideia de se conjurar uma deidade tutelar para receber dela poderes de magia e estabelecer conexões espirituais com espíritos diversos é pagã. O Sagrado Anjo Guardião de Abramelin reúne o melhor da feitiçaria dos Papiros Mágicos Gregos, da teurgia neoplatônica e da tradição salomônica. Esse tema é tratado em A Goécia de Abramelin.

3/4/2020: OS PODEROSOS MORTOS: EXUS E POMBAGIRAS NAS TRADIÇÕES MÁGICO-CULTURAIS DO MUNDO

Aba de Artigos atualizada. O texto é um capítulo do livro Segredos Espirituais da Quimbanda que está sendo escrito pelo feiticeiro-kimbanda Fernando de Ligório. No início se esclarece que Exus e Pombagiras não são demônios da hierarquia infernal medieval e nem podem, efetivamente, serem comparados aos daimones da cultura grega. Exus e Pombagiras são Poderosos Mortos, almas deificadas de sabedoria ancestral, magos, xamãs, bruxos, feiticeiros e alquimistas poderosos que atuam auxiliando seus adeptos, os protegendo, amparando, instruindo na superação de obstáculos internos (na alma) e externos (do mundo). O que Exus e Pombagiras são para o feiticeiro-kimbanda os Chefes Secretos são para os thelemitas, os Adeptos dos Planos Internos são para os magistas da Ordem Hermética da Aurora Dourada ou o que os Mestres do Oriente da Grande Fraternidade Branca são para os teósofos. Exus e Pombagiras são mestres que inspiram a jornada dos feiticeiros-kimbanda, cujo objetivo é deificar a alma e transformar-se em um Exu ou Pombagira no momento da passagem, participando das falanges dos Reinos de Quimbanda. Assim foram os heróis e semideuses gregos, os bodhisattvas do budismo, os santos do cristianismo-católico, os Tzaddikins do misticismo judeu, os Guardiões de Avalon da mitologia britânica arturiana, os Einherjar dos nórdicos ou os Ngangas  da cultura kimbundo-bantu africana. Após este esclarecimento, o autor apresenta as duas ferramentas fundamentais para deificação da alma na Quimbanda Brasileira: i. O conhecimento e conversação com os Poderosos Mortos que refina as qualidades e poderes da alma, expandindo a consciência dos adeptos. ii. O sacrifício cerimonial (corte), que purifica e sutiliza a alma dos adeptos. A ciência do corte é apresentada como a ferramenta-kimbanda essencial do culto, que tanto trabalha na deificação da alma dos feiticeiros-kimbanda quanto alimenta o veículo pneumático dos Exus para atuarem efetivamente no Reino da Geração. Este capítulo do livro Segredos Espirituais da Quimbanda é uma introdução ao capítulo que segue, onde o autor se debruça sobre a ciência do corte e sua ação magística e mística na alma. O livro Segredos Espirituais da Quimbanda apresenta os aspectos ocultos e iniciáticos da feitiçaria tradicional brasileira. Ensaio disponível para download aqui.

28/3/2020: SEÇÃO DE ARTIGOS ATUALIZADA - VOSSA SANTIDADE MAIORAL DE QUIMBANDA

Três novos ensaios foram inseridos para download: Vossa Santidade Maioral de Quimbanda é o primeiro texto de uma série sobre o Senhor do Inferno (ou Senhor das Trevas) na tradição de Quimbanda, acompanhado de outros dois opúsculos: A Evolução do Conceito & Ideia de Maioral e A Sacerdotisa de Maioral. Estes três ensaios iniciais tratam da gênese e evolução da ideia ou conceito de Exu Maioral na tradição de Quimbanda. Esse estudo será ainda ampliado e explorado em outros artigos.

25/3/2020: NOVAS ABAS

Foi inaugurada a aba dos vlogs diários e a aba Diário de um Feiticeiro, com o relato documentado e disponibilizado on-line de uma iniciação e consagração sacerdotal na tradição de Quimbanda, algo inédito e pioneiro no Brasil. 

16/3/2020: NOVA ABA DE ARTIGOS

Na nova aba Artigos os leitores poderão encontrar textos sobre os diversos temas abordados no site para download.

3/3/2020: NOVA ABA DE REFLEXÕES

Na nova aba Reflexões os leitores poderão encontrar pequenos textos, opúsculos de meditação, sobre os diversos temas abordados no site.

29/2/2020: SITE ESTÁ SENDO REVISADO

O site está sendo revisado. O Blog foi retirado do ar, mas em breve novos textos inéditos serão disponibilizados.

FERNANDO DE LIGÓRIO

Fernando de Ligório é um hermetista praticante, escritor interessado em Teurgia Neoplatônica, Tradição Salomônica e dos Grimórios, Magia na Antiguidade, Cabala Crioula (Quimbanda), Feitiçaria, Bruxaria e Magia Negra (Caminho da Mão esquerda), Filosofia, Yoga, Tantra, Āyurveda e Xamanismo. Fernando de Ligório se interessa em preservar a Tradição Ocidental de Mistérios (ou Tradição Oculta da Magia) através de seus cursos, palestras, assessoria espiritual e consultas.

CONTATO

Se deseja entrar em contato , me envie um e-mail:

srikulacara@gmail.com

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook ícone social

© 2019 por Fernando de Ligório.